terça-feira, 7 de outubro de 2008

Pra mim... Só isso!

Queria um abraço longo e apertado, com cheiro de afeto.
Queria um beijo de amor, ainda que não fosse na boca. Um beijo na testa ou no canto do nariz. Mas de amor.
Queria uma saudade menos doida, menos abstrata. De algo mais real que sonhos vencidos.
Queria uma mão pra não soltar da minha até criar grude de suor.
Queria um amigo que depois da minha pior falha, dissesse:“ta tudo bem”.
Queria uma tarde cinza, mas cheia de sorrisos sinceros ao meu redor.
Queria ser menos cruel comigo.
Queria poder dizer a alguém os meus medos e as minhas derrotas... E tudo mais.
Queria que esse alguém me amasse mesmo depois de ouvir o meu pior.
Queria uma ligação todo dia. Da mesma pessoa.
Queria não me sentir só.
Queria poder falar coisas sem pensar.
Queria poder confiar, sem pensar.
Queria um simples dia perfeito.
Queria o bom de estar junto.
Queria não me sentir intrusa, quando eu acho que estou com amigos.
Queria um sofá de veludo. Azul. E uma taça com morangos, creme de leite e açúcar.
Queria assistir o por do sol do alto do cruzeiro.
Queria sentir os olhos pesados depois de um beijo apaixonado. Sem vontade de parar.
Queria fotos de momentos inesquecíveis.
Queria acordar tarde numa segunda.
Queria não sentir tanta vontade de chorar.
Queria um milagre.
E borracha pra apagar dores sem nome.

11 comentários:

Leh disse...

Hummmmmmmmm mas eu queria tanta coisa dessa lista também.

B. disse...

Eu te amo mesmo depois de ouvir o seu pior, minha brother!
:)

Acho que estamos sempre querendo alguma coisa, né? O legal da vida é sempre querer algo... hehehe
Saudades! :****

O Profeta disse...

Queres tanto...tão pouco...


Dou-te um terno abraço e um beijo nos olhos...

instantes e momentos disse...

muito maneiro teu blog, legal teu modo de escrever. Gostei daqui.
Maurizio

Camila disse...

aii se eu pudese passar a borracha em tudo que eu já fiz de errado haha
bejãooo flor

O Profeta disse...

Passei para te deixar um beijinho...

Kari disse...

Que lindo, minha amiga!

"Queria um simples dia perfeito."
Perfeito como o que escrevestes...

Beijão pra tu

Kari disse...

Ninguém me chamou, né? Como ninguém me disse do trabalho de hoje....

Mas ei... Sábado e domingo eu estava fazendo um curso... Foi muito massa. Mais tarde te conto também!!!!

Beijão pra tu

Palavras de um mundo incerto disse...

A maravilha dessas "dores sem nome" é que com elas, muitas vezes transformamo-as em escritas belíssimas, como essa.

Beijos e até!!!


Marcos Seiter

M.E.D.T disse...

Seria tão bom se a vida fosse como essa poesia né
bjs

instantes e momentos disse...

gosto de voltar aqui, nem que seja para ler o mesmo post.
Tenha uma bela tarde.
Apareça.
Maurizio