quinta-feira, 18 de junho de 2009

Volver...

A intensidade poderia explicar os sentimentos súbitos, os desejos inusitados adubados com suor e calafrios. Necessidade de ter o que se ansia e que permanece no pensamento fustigando a alma de uma saudade estranha, desconhecida... Prévia.
Um tempo guardado, vivido meramente de sonhos, e planos de encontro e colisão. A memória do desconexo. Guardada num arquivo de lembrança para que um dia eu conte a alguém que não vejo, mas sinto e quero. Pleito um sentimento forasteiro, inusitado e preciso. Não entendo nada dele, também desconheço a definição concreta do querer... Apenas quero. Estar ao lado, aos cuidados, vivendo essa amplitude de sensações, apreciando e aprendendo. Nunca estive exposta a devaneios, cuido das minhas ilusões com exação, não gosto de incitá-las ao exagero. As conseqüências nunca me trouxeram grandes alegrias. Dessa vez foi inevitável, ela me encontrou, pegou pela mão e levou. Busquei as palavras que me encantam, que entre tantas cantadas por ai, são as mais bonitas de se admirar. Moram dentro de mim, lindas. Todavia almejo muito mais o homem por trás da mente criadora. Carne, osso, ambição e pressa. Forte, mítico como um herói, venerado. Distribui sua presença poética alimentando corações desavisados. Me aflinge os assédios, o tempo roubado derramando de tantas atenções, demorando pra mim. E isso é um conflito sem sentido de ser, uma bobagem que tira meu sono. Mas quero continuar nessa mente que me perde, nessa boca que anuncia me querer. E eu quero tudo... Que despe, despede e despedaça...

“Vem aqui com teus braços
e me cobre desse amor vão.
Quero sentir esse cheiro de pressa e ambição.
Devora essa vontade e consome o que guardei pra ti...
Quando isso acabar será tua lembrança
a me acalmar a saudade, consolar meu coração.
Então faz desses momentos eternos e,
antes de partir, guarde em você.
Não me perde nas esquinas do passado.
Algo nos trouxe até aqui, algo pode nos devolver.”

17 comentários:

Renata Braga disse...

"Mas quero continuar nessa mente que me perde, nessa boca que anuncia me querer. E eu quero tudo... Que despe, despede e despedaça..."

Tuas palavras são um sopro no meu coração... nem sei como, mas sempre são perfeitas pra mim.


Bejoss

Poeta de um mundo caduco... disse...

Érica...
Adoooooro qdo vc coloca um post novo! Fico ansiosa esperando! rs.
M-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o!!!
Sei bem como é... rs.
Sinto o mesmo.

Perfeito...

Parabénsssss...

Bjinhos...

Sun disse...

Olá, minha querida,
estou em fase de exames nacionais, por isso não postei mais nada no blog, assim que estiver mais tranquila, volto com calma :)

Lindo texto, como sempre !
Dizem que querer é poder...! Eu cá ainda tenho as minhas dúvidas..


beijinho grande

Cláudia I, Vetter disse...

Mas se sabe de toda forma que nunca se desconhece o que se sente, logo que o nome permanece na mente e o coração dispara permanecendo na virtude de vivenciar. Afinal o que cativa é eternamente responsável e são pencas de mais e mais sentir que fará o que se vive, se completar.

Belas palavras!

Obrigada pela visita e por me linkar!

Beijo com carinho,
Cláudia.

Aline Dias disse...

ah, eu poderia me dar pra me devolver a mim...

Aninha disse...

Que emaranhado de sentimentos bons! E que bom que vc tem a plena noção de até onde pode ir, ou deveria ir, rsss!
Muitas vezes é bom aproveitar o momento apenas! Deixar-se levar por esse impeto que toma conta de nós!

Meu impeto seria ir agora msm p SP buscar meus babbys, mas n posso! =(

Bjks

AC Rangel disse...

Érica. É assim que eu gostaria de escrever, um dia.
Basta para você entender como bebo com prazer da tua fonte.
Beijo

Anjo vermelho disse...

nooosa que lindoo..lindooo .. envolvente..parece sedenta por amor..

opa opa tah faltando texto nhe XD heheh tava mto ocupada essa semana..mais hoje até as 14:00 tem um lá.. beijaoOo

*-*
s2

Melanie Brown disse...

Tu escreves divinamente menina, me encontrou na contradiçao das tuas palavras...
"Guardada num arquivo de lembrança para que um dia eu conte a alguém que não vejo, mas sinto e quero"
meu momento atual!!
-'
Mas um dia se vc quisser de verdade ser como me leu, verás que será bem dificil, mas viverá a alegria da recompensa.Muito obrigada pela tua visita, gostei do comentario!!

bjOo'
:D

Nike disse...

Belo texto
vc expressou seus sentimentos de uma maneira maravilhosa...
Adoro as coisas q escreve...
Um beijão e obrigada pelo carinho!

Bia Maia disse...

nossaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa......................................

Impressionantemaente divino!
amei!!!!
PARABÉNSSSSSSSSSSSSS!!!

Um final de semana iluminado para vc!!!

Biazinha

Kari disse...

Tem uma música que não é lá essas coisas, mas tem uma frase que gosto muito (e sinto!): "Quem foi que disse que pra tá junto precisa tá perto?"

Lindo demais, amiga! E que esse desejo sacie logo!!!!

Beijão

Branca disse...

Tudo lindo aqui! Escreve muito bem moça...parabéns!

E eu também quero tudo... Que despe, despede e despedaça...gosto da intensidade...de emoções bem fortes!

Bom fds!

Poetíssima disse...

Hmm.. gostei disso.

Voltarei...

estou amando conhecer novos cantinhos..

Adoro!

Obrigada pelas visitas!

Abraços!

Poetíssima..#

www.soirild.blogspot.com

Ariane Carreira disse...

"Guardada num arquivo de lembrança para que um dia eu conte a alguém que não vejo, mas sinto e quero"

Bem vinda ao clube!

Ótimo texto.
Parabens.

Um beijo.

Ellaehcarioca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ellaehcarioca disse...

Belíssimo texto (como os demais que li)!!E adorei o poeminha do final!!Perfeito!!
bjsss