segunda-feira, 13 de julho de 2009

Detalhes...

Ao chegar encontrou ele adormecido, deitado, nu, em paz. Percebeu fragilidade em seu corpo. Quis protegê-lo. Guardar aquele momento na memória: seus lindos olhos cerrados, a respiração tranqüila, compassada... Nem parecia o homem que há horas atrás acordou sedento, empurrando-a contra a cama, segurando seus braços com força, deixando seu corpo marcado, abrindo suas pernas, invadindo. Não queria desperta-lo logo, nem seu desejo... Por enquanto. Sabe que ele é um vulcão ativo, sempre ativo. Ao abrir os olhos, partiria pra cima do seu corpo e a devoraria até matar sua fome insaciável. Precisava muito olhar mais tudo aquilo, toda aquela beleza e placidez. O menino dela... Guardar seu sono.
Ao despertar sua primeira visão foi dela sentada ao pé da cama, contemplando-o com ternura. Sorriu. Sua excitação (como previsto) ávida, pulsante, despertada. Ela pôs-se de joelhos e tirou o vestido que cobria o corpo nu. Contemplação dos sinais, ambos em sintonia. Não esperou muito, jogou-a na cama com força, pressa do seu anseio. De repente aquele corpo frágil que dormia desprotegido, era um forte, um porto que a abraçava deliciosamente. Um conjunto de detalhes a serem explorados. Por cima dela ele, entre suas pernas a dele, se derreteu gemendo, inconsciente, paralisada. Ele adorava aquela submissão natural, era a certeza da dominação exata. Ela apertou as pernas sobre ele, tremendo, caindo em suas vontades. Estremeceu e gemeu de prazer. Sempre vai querer tê-lo, despida, possuida, usada. Amada. Fustigada desse amor vulgar, que é o que ele tem pra oferecer. Não espera nada, pois não sabe o que esperar.... Sente algo como um milagre, impulsos reais. Pela primeira vez vê beleza em tudo isso.

14 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Desejo sempre ativo e dominante. É uma combinação que faz estragos. O detalhe do sossego se contrasta com o despertar do que sempre se segue!

Todo mundo fala, mas ninguém se dá conta das coisas boas que passam diante dos nossos olhos!

Até mais.

Jota Cê

Sandrita disse...

O Amor possui o poder de embelezar o que quer que seja. Quem ama consegue ver aquilo que os outros não são capazes de enxergar.
Quem ama possui o poder de sentimentalizar o sexo, e não apenas fazê-lo como todos os demais.


Um beijo querida

Aninha disse...

Minina que que isso...
Erotismo puro e lindo!
enho tanta dificuldade com isso, rsss... Em escrever texto eroticos... Huhauaua

\vc o fez muito bem!

vc sabe sintonizar as palavras ;)

bjks

Melanie Brown disse...

Tantos detalhes!!E o melhor dos detalhes é o depois...Depois que a memoria guarda a paz daquele sono, e os olhos cerrados do menino renascem para o coito que tanto os atrai,os envolve...Ah!É estigante.

Pois é!Estou sentindo a brisa dos ventos que de certa forma e vagarosamente começa a vir novamente, e com os amigos que tenho fica menos dificil!!Já guardei no coração todos os seus IN's. :D
Adoro ti receber querida,
Exelente inico de semana
Pa ti tabm!BjO'
;)

Nilson Barcelli disse...

Há amores assim, dominadores. E há quem goste...
Descreves com realismo essa característica.
Querida amiga, boa semana.
Beijo.

AC Rangel disse...

Que outra forma de amor que não esta, vulgar, para dar prazer ao extremo?
Parabéns e um grande beijo

Rangel

Renata Braga disse...

A maneira mais deliciosa de amar.. sem pudores.. ou reservas.. amo isso....

Somos assim querida... passionais, quentes, pulsantes.
E mulheres acima de tudo...

Delicia sempre te ler!

Beejoo

Nike disse...

Sensualidade nas palavras numa mistura de afetos e palavras mágicas.
Foi tao intenso q ate senti arrepios..rs
Muito bom mesmo o texto!!!!
Beijos minha linda!
ótima semana!

Katy disse...

Hmm...é um belo poema mesmo...desde a primeira vez, que ouvi uma palestrante declamá-lo, nunca mais esqueci...
Bom saber que o meu blog traz emoções a tona....rsrs...
Volte sempre!
Bjs.

AC Rangel disse...

Erica, quanto mais vc vai lá, melhor fica meu blog. Adoro vc e conto sempre com tua visita.
Beijo
Rangel

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Érica,

O amor existe e não podemos fazer vista grossa. Temos que amar o nosso dia, temos que amar as pessoas que nos rodeiam, temos que amar o que nos envolve. Só assim essa vida fica menos pesada.

Um beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

O Néctar da Flor oferece um selo DIGA NÃO AO PLÁGIO! Somos originas, porque somos únicos. Cada ser um humano tem uma emoção individual. Por mais que as palavras e os pensamentos sejam parecidos, não temos o direito de pegar algo de alguém e dizer que é nosso. Não podemos trocar palavras e rasurar o sentir do próximo. Encontramos inspiração em alguém, na natureza, na vida, mas não temos o direito de copiar sentimentos. Inspiração é uma coisa, xerocar palavras alheias é outra.



Beijos jogados no ar, sempre!



[para pegar o selo clique na imagem]



-

cláudia i, vetter disse...

belíssimo!

;****

Salve Jorge disse...

Vê beleza
Na crueza
Sem certeza
Sem alteza
Cama, banho e mesa
Sem pureza
Nem fineza
Quando o corpo pesa
Ao senhor que reza
Mas não presa
Porque não a lesa
Por mantê-la acesa
A uma afago que não despreza...