quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Lembrança...


Não dormiu direito sentindo sua falta... Sonhou com ela.
Nos poucos momentos de sono que teve, pensou senti-la em seus braços, até perceber segurar o travesseiro que, sem dúvida, beijou impetuosamente. A boca doía. Uma sede daqueles beijos de horas, de mão na nuca e arrepio. Ela tinha um jeito diferente de se arrepiar, não era igual as outras que já viu. Especial nos gestos que fazia, ao fechar os olhos e entreabrir a boca, em por as mãos no ombro dele, deixando os seios desprotegidos. Admirava aquela cena, o foco dos seus desejos, aqueles seios em suas mãos... Que saudade. Um estrago que fazia nos seus sentidos, era só pensar e pronto, suficiente pra uma noite de sono agitada, acalentada por suas vontades e cobiças. Queria estar com ela, só isso.

14 comentários:

Fernando R. Silva disse...

Oi, Érica!

Obrigado pela visita lá na Coluna Fantasma. E muito obrigado, de coração, pelos elogios.

Acerca do teu texto, sou suspeito. Vi-me no que escreveu agora, pois sofri muito com isso durante esse ano. Nunca havia sonhado tão real assim.

Certa vez acordei e chorei copiosamente ao perceber que era tudo ilusão, um sonho. Pequisei o que isso queria dizer, já que me consumia ser algum aviso, alguma resposta, mas descobri que se tratava apenas vontade de ter a pessoa de volta.

Desde então, passei a orar antes de dormir e pedir a Deus pra que eu não tivesse esses sonhos. Eram tão maravilhosos, que em paradoxo, foram os piores sonhos que já tive. Ou seriam pesadelos? Enfim.

beijocas!

Marcelo Mayer disse...

sentir, sentir, sentir, exprimir...

wow

Layara disse...

...essas vontades guardadas na lembrança, fazem isso...
Vontade de ter e sentir o amor que ficou na lembrança.

beijo menina Linda!

Katy disse...

Ai. nem me fala....ando assim, sentindo saudade, vontade...quem sabe uma hora passa?

Bjs.

*Natália* disse...

Adoreiiii .
Nossa, muito bom !

beiijos

José Viana Filho disse...

Belo texto Erica,

vc escreve muito bem, sou seu fa de carteirinha! E ao som de chico fica ainda melhor!!

Bjs e bom final de semana

Aninha disse...

"Meu erro foi crer que estar ao se lado bastariaaaaaaaaaa..."

Vc sempre me faz lembrar algo! rsss ;)
E eh sempre bom qnd vc lembra de mim!

E n to muito inspirada, mas queria deixar algum "sinal" aki! Rss

Bjao

pontorouge disse...

Muito delicado o texto.
A ausência doi, né?

Beijo rouge

Dani

Daniel disse...

Paixão. Sentimento avassalador que conquistamos para apenas uma noite e nunca mais se vê.
Beijos

Poeta de um mundo caduco... disse...

Nossa...
Tão intenso...
Forte...

Será que eles, realmente, têm estas lembranças?

Se têm, acredito q o sentimento vai além da paixão, do desejo...

Bjo grande. Lindo Texto...

Mågø Mër£Îm disse...

As vezes o "estar com ela" parece tão simples, mais é uma simplicidade complicada e piorada pela saudade das sensações...

Melanie B. disse...

Que terna graciosidade essas palavras!!!
A-do-reiiiiiiiii!

:D

Hneto disse...

A falta, a saudade, o desejo, a vontade; tudo, neste coquetel de volúpia e solitude.

Salve Jorge disse...

Ela
Tela
Aquarela
Singela
Bela
Fera
Encarcera
Quem dera
Impera
Espera
Fosse estar...