segunda-feira, 12 de julho de 2010

Resumo


Fiquei doente esses dias, uma gripe “normal”, seria, se não fosse à terceira vez em seis meses. Ano passado eu contabilizei cinco vezes durante o ano inteiro. Não acho muito habitual uma pessoa adoecer cinco vezes em um ano, bem menos três vezes em seis meses. Mas... Minha amiga psicóloga diz que é emocional, por que eu fiz todos os exames para descobrir calamidades e nada está errado comigo. Tudo no seu devido lugar.


Eu vou ser demitida oficialmente dia 15/07, e estou imensamente feliz. A futura desempregada mais feliz de todas. Morrendo de saudade de cozinhar, de assistir filme à tarde, de estudar, ou ler e chorar ouvindo música. Quero pelo menos dois meses de ócio, quero muito. Muuuuito... Ócio, ócio, ócio, ócio...

Depois desses dois meses merecidos eu vou fazer todos os meus cursos almejados, desejados e sonhados. Primeiro de fotografia, que apesar de saber o básico dessa arte graças às cadeiras pagas de fotojornalismo I e II na faculdade, (que despertou a Cartier Bresson adormecida em mim) ainda falta muito para chegar a ser uma profissional. O segundo curso vai ser de InDesign que é um software que permite criar, diagramar, visualizar e editar revistas, jornais, anúncios, embalagens, livros etc.


Estou esperando sair o resultado de um concurso de literatura infantil e juvenil que participei junto com meu namorado, que só melhorou ainda mais minha idéia inicial de um conto infantil pouco elaborado. Ele, com toda criatividade que lhe é peculiar, aumentou, encheu de novos elementos, e finalizou como em um grande espetáculo o que inicialmente não passava de um conto rápido e despretensioso. Agora eu acho que tenho chance, grandes chances de ganhar. O primeiro prêmio é de R$ 8.000,00, o segundo de R$ 5.000,00, e o terceiro de R$ 3.000,00, mas eu quero o primeiro. Quando eu ganhar (porque tem que pensar positivo) vou viajar com ele, a gente vai ficar junto e longe do barulho habitual das grandes cidades, vou dormir abraçada com ele e acordar antes um pouquinho para fazer um café da manhã bem gostoso, ou não, ele acorda e me beija, ou não acordamos até o sol se por e as frestas começarem a aparecer entre persianas acordando a gente para se amar mais um pouquinho. ..