segunda-feira, 9 de agosto de 2010

As mudanças e seus planos.

E de repente, tudo mudou. O ócio tão sonhado virou dengue, os filmes a tarde viraram febre, frio e lágrimas. Porém "tudo e a sua hora", alguém já disse um dia, se eu não tivesse saído de lá nunca ia conseguir ficar boa logo. Se bem que não foi muito logo,mais ou menos duas semanas e uma eternidade.

Dormir tarde virou impossível e acordar ao meio dia virou estágio novo, que eu só pego às 9h, mas que pra conseguir isso preciso sair de casa as 8h, e que para tal, acordar às 7h... É... Tá tudo acelerado de novo, mas... É assim mesmo. O mundo e os dias, o tempo se movimentando, e a gente nele só esperando. Um dia vai parar mesmo, quando isso acontecer, ai eu descanso.

15 comentários:

olhar disse...

Minha linda!Saudades de você!
Tudo vem à seu tempo...relaxe e deixe vir...é melhor assim:menos ansiedade, menos expectativas!
Torço por sua nova fase de MUDANÇAS!

beijos em seu coração!

Bia

Canto da Boca disse...

A vida, seus propósitos e nós dentro!

Um beijo, Érica!

;)

tati_nanda disse...

yeah..
vem tudo ao seu tempo mesmo "olhar"

pense assim, dpeois de tudo isso você poderá descansar e ter seu lazer..
^^
bjins..ótima sema..
fica na paz...


http://zonzobulando.blogspot.com

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Mudança acelerada é sinônimo de cansaço no fim do dia... não tem jeito.

até mais.

Jota Cê

mARa disse...

...esse é o movimento da vida...tudo ao mesmo tempo agora...um dia vamos descansar, até lá...mehor acompanhar o ritmo do universo o bit do nosso coração.

beijo!

Melanie Brown disse...

Sumida por demais Éricota!!! As mudanças né?! Sei... Sei... Melhor que seja assim mesmo, ficar parada demais é chato e cansativo.

Xerooooooooooooooo
Suaudades Muié!!

Eurico disse...

Tcharán!
:
...esse é o mundar do mundo...
e o ondular dionisíaco da vida... rsrsrs

Carpe diem, amiga, carpe diem!

D.Ramírez disse...

Um dia chegara o tempo mais ou menos como o meu. Durmo na segunda e acordo na sexta.
De tao rapido q passa.rs

Adorei o post
besos

Poetíssima disse...

Saudades de tu né?!
Mudando!
Abraços!

Léo Santos disse...

Parabéns por estares perfeitamente adaptada e se desenvolvendo muito bem, totalmente de acordo com os preceitos morais e psicológicos da nossa sociedade! É como as formigas, milhares passam pelo mesmo lugar e vão e voltam exatamente como outras milhares já fizeram!

(tchê, ficou bom isso, me arrepiei agora)

Um abraço!

Marco disse...

Olá, èrica!
Puxa... Ficou doentinha? Já melhorou?
Vai melhorar! Ô se vai!
Que maravilha ficar ouvindo Pet Sounds, um de meus álbuns favoritos de todos os tempos. Eu tenho paixão por ouvir "Wouldn't be nice", que acho a cara dos anos 60. Não seria legal ficar ouvindo isso direto?
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Grafite disse...

saudades daqui...
o post está ótimo!

beiijo,
*.*

Luis Eustáquio Soares disse...

viva, érica, que no decorrer desses dias, pra aquém e além da acealeração mortal, nós todos coletivamente nasceremos mais e mais, florindo, sem cansaço, só vivendo.
b
luis de la mancha

Paco Bailac disse...

saludos


Paco

Marcos Campos disse...

Bem vinda à correria de novo!
Tudo bem por ai sumida? Apesar que eu ando bem sumido também!
Beijo e boa semana!!