quinta-feira, 19 de julho de 2012

Sempre me senti tocada e emocionada com as pessoas que dedicam boa parte do seu tempo cuidando e mimando miniaturas, filmes, revistas... Um verdadeiro tesourinho. Eu não sei o que pretendem os colecionadores, só sei que de tanto querer fazer parte deste mundo incompreendido, comecei minha coleção de carrinhos da década de 50. Nem sei explicar a emoção que tenho sentido a cada semana que um modelinho chega, meus olhos ardem, fico rindo, olhando cada detalhezinho da pecinha despretensiosa. O primeiro foi um Ford Thunderbird 55, preto; o segundo um Cadilac El Dourado 50, azul; o terceiro uma Mercedes 300s 55, bege; o quarto um Chevrolet Corvette 57 (da foto acima) e pra acabar de uma vez com meu coração, hoje chegou um Fusca 54, amarelo! Ainda não tirei fotos, mas pretendo o quanto antes. Esse processo dos carrinhos já havia se iniciado, de maneira tímida, quando ganhei um New Beetle, bem menor que esses que descrevi acima, mas meu xodó. É o começo de uma longa história de amor que no que depender de mim vai durar por um algum tempo, ou por todo tempo que existir.

Nenhum comentário: